Técnica Pomodoro para organizar o tempo de estudo

07:00:00 Professora Manuka 0 Comentários

Na atualidade temos muitas técnicas para organizar o tempo e aumentar a produtividade, mas poucas são tão simples como a Técnica Pomodoro. Essa técnica foi inventada pelo italiano Francesco Cirillo, na década de 80, e até hoje muitas pessoas se beneficiam utilizando-a em suas vidas. Acompanhe:

Imagens: Freepik.

Já aconteceu com muitos de nós de iniciarmos um projeto com muito entusiasmo, mas antes mesmo de finalizá-lo detectamos que ia rumo ao fracasso.

Na maioria dos casos, isso se deve a uma ausência de planejamento, isto é, uma falta de organização das tarefas que devemos realizar e os períodos de tempo para realizá-las.

Esse método serve para otimizar a administração do tempo. Por essa razão, a principal ferramenta deste método é o relógio. O trabalho se desenvolve em lapsos denominados “pomodoros”.

Um Pomodoro equivale a 25 minutos de trabalho ininterrupto e 5 minutos de descanso.
“Não podemos nos dar ao luxo de gastar muito mais tempo em coisas pequenas do que gastamos em coisas importantes.” - Jim Rohn

O fundamento científico        
Essa técnica possui fundamento científico. Estudos confirmam que o cérebro humano só pode estar verdadeiramente concentrado por um período de 25 minutos.


Daí em diante, o cérebro se “desconecta”, fato que é evidenciado pela distração e pela diminuição do rendimento.

Portanto, o recesso de 5 minutos é para dar um descanso ao cérebro ao realizar uma atividade distinta do que estava desenvolvendo. Dessa forma, quando a tarefa for retomada, o rendimento será ótimo e constante.

Vale apenas esclarecer que, após 4 pomodoros seguidos, o descanso deve aumentar para aumentar para 20 minutos.

É importante adiantar um planejamento básico do trabalho que pensamos em realizar. Este planejamento consiste em realizar uma lista com as tarefas que pensamos em realizar.

Posteriormente, iremos hierarquizá-las, isto é, estimarmos o grau de importância de cada uma ou estabelecermos uma ordem lógica de execução. Isso se aplica tanto em atividades cotidianas como para projetos de maior dimensão.

Otimização do tempo
É interessante observar que aqueles que aplicam esse método têm a possibilidade de observar o número de pomodoros envolvidos no desenvolvimento de cada tarefa.

Isso pode parecer não ser importante, mas é. Com o tempo, detectamos períodos de tempo desperdiçados, por exemplo: notamos que uma tarefa que demorávamos 5 pomodoros para realizar, na realidade podemos fazer em 4.

Esse fato significa que a otimização do tempo ao utilizar esse método não só rendeu frutos durante a aplicação da técnica como também auxilia na criação de destreza para otimizarmos nosso tempo cada vez mais.

Além disso, a Técnica Pomodoro motivou a criação de software e outras aplicações para plataformas e dispositivos.

Ainda que, no princípio, tenha sido um método desenvolvido para ser aproveitado de forma individual, com o tempo se mostrou igualmente efetivo se implementado em grupos.

Essa técnica não só estimula a satisfação pela realização como também promove a utilização de uma baixa tecnologia por necessitar de coisas simples: papel, lápis e um relógio.


Para aplicar a Técnica Pomodoro, é preciso seguir esses passos:

- Elaborar uma lista de tarefas e escolher a tarefa que pensamos em realizar;

- Configurar o relógio ou cronômetro para que conte 25 minutos (um pomodoro);

- Trabalhar de maneira exaustiva e contínua na tarefa escolhida durante os 25 minutos;

- Ao terminar esse período, escrever um X na frente da tarefa realizada na lista;

- Ter um descanso de 5 minutos;

- Continuar com o próximo período de 25 minutos, anotar outro X, ter outro descanso de 5 minutos e assim sucessivamente até terminar a tarefa;

- Cada vez que completamos 4 pomodoros, tomar um descanso de 20 minutos.

Truques para melhorar a Técnica Pomodoro
É fundamental que, a cada pomodoro, tenhamos a maior concentração possível frente ao trabalho que estamos desenvolvendo. É importante que nos blindemos de qualquer elemento que possa causar distração.

Saber quantos pomodoros levamos para realizar uma tarefa é muito útil, porque nos permite distribuir nosso tempo de maneira mais eficiente e contar com mais tempo para desenvolver outras atividades.   

Com o tempo, e especialmente quando se trata de realizar tarefas simples, poderíamos propor a nós mesmos a meta de adiantar as tarefas em um menor tempo ou de melhorar sua qualidade, para sermos mais eficientes e podermos contar com mais tempo livre.



Tradução e adaptação: Professora Manuka. 

- Veja também: 


0 comentários: