Aprenda circunferência com Zelda: a link to the past

14:55:00 Professora Manuka 0 Comentários

Já jogou o jogo Zelda: a link to the past da nintendo? Estava jogando, quando encontrei um círculo de pedras e achei parecido com uma circunferência. Decidi, então, elaborar uma aula bem diferente e descontraída. Acompanhe:

Imagens: Zelda: a link to the past, nintendo, divulgação. Imagens editadas por Professora Manuka no Paint.

Primeiramente, vou explicar onde se localiza o círculo de pedra que me deu essa ideia. Ele está à direita do castelo do 5º cristal do Dark World (é o castelo de gelo).


Vamos à ideia de centro da circunferência. Veja, acima, onde o link está: bem no meio do círculo. De onde ele está para qualquer ponto da linha na cor vinho é a mesma distância. Como o próprio nome centro dá a entender, ele se localiza bem no meio.


Como já foi dito, do centro até qualquer ponto na extremidade encontramos a mesma distância e essa distância se chama raio.


Já o diâmetro tem o valor de dois raios, mas é importante salientar que o diâmetro deve ser de uma extremidade à outra da circunferência, partindo-a ao meio, em partes iguais.

Não será válido como medida de diâmetro da circunferência segmentos de reta que sejam como os ponteiros do relógio marcando as horas. Deve ser partindo de um ponto, passando pelo centro e atingindo outro ponto, tudo no mesmo segmento de reta, sem “quebrar”.


Já o π é uma constante presente em qualquer circunferência, seja ela a xícara em que se bebe café ou a roda de um carro.

Obtemos π através da divisão do perímetro da circunferência pelo diâmetro da mesma. Lembrando que o perímetro é a linha que forma a circunferência, como se a pegássemos, esticássemos e medíssemos.

Geralmente, atribui-se o valor de 3,14 para π. Entretanto, esse é um valor aproximado, já que π é uma dízima não periódica, ou seja, existem infinitos números após a vírgula, sendo que eles não se repetem como nas dízimas periódicas.
  

0 comentários: