Conheça os brasileiros ganhadores da Google Science Fair 2016

14:20:00 Professora Manuka 0 Comentários

A Google Science Fair é uma competição mundial online que envolve temas de ciências e engenharia para participantes de 13 a 18 anos. Este ano, dois brasileiros ganharam o prêmio da categoria Impacto na Comunidade. Acompanhe:

Imagem: ww.googlesciencefair. com

Quem são os ganhadores brasileiros

João Gabriel Stefani Antunes
Tem 15 anos e é do interior de São Paulo. No final de 2015 conseguiu uma bolsa em um colégio de Fortaleza que poderia apoiá-lo de forma mais eficiente nas olimpíadas científicas.

Desde mais novo sempre teve afinidade com as matérias de matemática, química e física no colégio. Além das olimpíadas, sonha em estudar no exterior.

Letícia Pereira de Souza
Tem 18 anos e é do interior de São Paulo. Mudou-se para Fortaleza há dois anos com sua família em busca de melhores oportunidades de estudo. Amante das ciências desde muito jovem, nutre nesta matéria uma forma de expressão. Vem de família humilde, mas que sempre a incentivou nos estudos.

O que uniu esses dois jovens brasileiros foi o desejo de mudar a vida das pessoas e buscar alternativas para melhorar a sociedade.

A categoria em que foram vencedores
A categoria em que a dupla Letícia e João foram vencedores foi o Prêmio Impacto na Comunidade 2016. Ao total, foram 5 ganhadores e 100 finalistas de todo o mundo.

Você pode conferir também o mapa com a localização de todos os participantes, os nomes dos criadores e títulos dos projetos no site da Google Science Fair clicando aqui.

O projeto que fez os brasileiros levarem o prêmio
O título do projeto dos estudantes foi “Semente Mágica – Transformando Água Contaminada em Água Potável”. Essa semente é a Moringa Oleífera, a qual foi estudada com a intensão de provar seu potencial purificador da água poluída.

Neste trecho da pesquisa é possível acompanhar que o resultado foi positivo e excedeu as expectativas dos brasileiros:

“Descobrimos que, além de ser um ótimo coagulante, a semente possui também propriedades antimicrobianas, se destacando dos coagulantes inorgânicos, como o sulfato de alumínio. Chegamos à conclusão de que os extratos da Moringa Oleífera pode tornar a água potável, de maneira tão eficiente quanto usando floculantes não orgânicos, se destacando desses pelo controle de patógenos e pelo baixo custo.”

Deixarei o link do projeto completo para aqueles que desejam acompanhar o passo a passo da pesquisa, basta clicar aqui.

O prêmio que os ganhadores irão receber
Cada um dos cinco projetos vencedores receberá uma ajuda de custo de U$ 1.000 e um ano de monitoria de uma das empresas parceiras da Google Science Fair. Se houver uma equipe vencedora, o prêmio será dividido igualmente entre os membros.


Além disso, cada vencedor, acompanhado de um responsável, será convidado para o evento Finalistas Globais, que ocorrerá em Mountain View, na Califórnia, em setembro.

0 comentários: