Por que, Por quê, Porque e Porquê: Aprenda a Usar

12:42:00 Professora Manuka 0 Comentários

       O uso dos porquês gera muitas dúvidas nos alunos, principalmente na hora de escolher qual deles usar na construção da frase. Vamos aprender a seguir quando usar cada um deles.

Imagem: Freepik.

1) Por que
É usado no início de frases interrogativas. Exemplos:

Por que você não me ligou ontem?
Por que Mariana está tão triste?
Por que você não terminou seu dever de casa?

2) Por quê
É usado após ponto final, ponto de exclamação e ponto de interrogação. Exemplos:

Você não me ligou ontem. Por quê?
Mariana está tão triste! Por quê?
Não terminou seu dever de casa? Por quê?

3) Porque
É uma conjunção explicativa, sendo equivalente a pois, uma vez que, em razão de. É usado em respostas. Exemplos:

Não te liguei ontem porque fui assaltado e levaram meu celular.
Mariana está triste porque o namorado dela ficou doente.
Não terminei meu dever de casa ainda porque estava arrumando o quarto.

4) Porquê
É classificado como substantivo, por estar sempre precedido de artigo, pronome, adjetivo ou numeral. É equivalente a motivo, razão. Exemplos:

Gostaria de saber o porquê (= a razão) de você não ter me ligado ontem.
Mariana não tem um porquê (= uma razão) para estar triste.
Não vou mais ficar perguntando o porquê de você negligenciar o seu dever de casa.

- Veja também:

Pronomes Interrogativos

0 comentários: